Os terremotos de Brasília e a tremedeira do mercado

Em Brasília, além da sede do governo, existe o único sismógrafo do país, localizando na Universidade de Brasília, a poucos quilômetros do congresso. Ironicamente a única máquina capaz de detectar terremotos no país, fica ao lado do epicentro de outro tipo de tremor: o político. E nos últimos dias uma série de tremores vem agitando os mercados.

Desde o parecer positivo ao prosseguimento da denúncia contra o Presidente Michel Temer, passando pela aprovação da reforma trabalhista e culminando na condenação, ainda em primeira instância, do ex-Presidente Lula. Obviamente que todos esses tremores afetam o preço dos ativos e logicamente, o seu bolso.

Confira este artigo de Victor Candido na íntegra no blog da parceira do Terraço Econômico, a Guide Investimentos.

Comentários

mm
Sobre Victor Candido 48 Artigos
Mestrando em economia pela gloriosa Universidade de Brasília (UnB). Já pesquisou nos campos de economia ecológica, história econômica e política monetária, tem artigos publicados na Folha de São Paulo, Gazeta do Povo, UOL e revista de Economia da Faap. Atualmente é pesquisador assistente do CPDOC (O Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil) da FGV-RJ. Já trabalhou no mercado financeiro na área de operações e pesquisa macroeconômica. Graduou-se em economia pela Universidade Federal de Viçosa (UFV-MG).